domingo, 2 de setembro de 2007

Corra Cultura, Corra.


Ah, às vezes é tão bom trocar aquela balada por algo mais requintado. Uma noite sem muitos frutos foi esta última, chamei alguns amigos para virem em casa - e assim foi. Sem muito que fazer, passamos a assistir a Corra Lola, Corra (Lola Rennt). Para quem não conhece, é um filme alemão lançado em 1998, de direção de Tom Tykwer. O filme conta a mesma história três vezes, mostrando diferentes possibilidades para o seu final de acordo com pequenos incidentes que modificam o rumo dos acontecimentos. O mais interessante é que nunca me canso de assistir.
Já leram "Pequeno Príncipe"? Apesar de ter essa super fama de livro para criança, é aquele livro o qual se lê uma, duas, três vezes e sempre se aprende alguma coisa que não se aprendeu na vez anterior. Corra Lola, Corra é bem assim. Já cheguei a fazer comparações do filme com o capitalismo, uma vez que Lola (Franka Potente) nunca pára de correr, a história envolve muito dinheiro e ela quase sempre chega atrasada; comparei com insanidade amorosa, pois Lola é loucamente apaixonada por seu namorado Manni (Moritz Bleibtreu) e demonstram, por indicativas ao longo da história, serem parceiros amorosos do crime, além de explícito adultério, muito comum, mas disfarçado na sociedade, dos pais de Lola; já comparei com a questão de livre-arbítrio, ação e conseqüência, assim que o futuro de todas as personas muda nas três versões diferentes da história, dependendo da ação de cada uma.
Acho que, se bem analisado e um pouco flutuando nas hipóteses, podemos pensar que Efeito Borboleta (Butterfly Effect) sofre muita influência deste filme, pelo motivo de tratarem do mesmo tema: ação e reação, diferentes versões das histórias que dependem da decisão de cada persona.
É um filme extremamente interessante, porém, aquele filme que precisamos ter paciência para ver. Não é comprido, é até de metragem rápida, mas requer do cérebro, pois, é claro, filosofar é fundamental.

Um comentário:

s u g a r boy disse...

humn.
filosofar é preciso mesmo.

:B